domingo, 21 de maio de 2017

Jornalista Sandro Moreyra na Playboy



"Meu amigo Heleno" é o nome do artigo que Sandro Moreyra escreveu pra saudosa revista Playboy. Tem um trecho do artigo no livro "Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem", que será lançado em breve pela Gryphus Editora.

Sala de Imprensa da CBF na Granja Comary tem o nome de Sandro Moreyra


O mesmo acontece com a sala de Imprensa do Estádio Nilton Santos (em breve publico imagem). Em breve lançamento do livro "Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem".

Sandro Moreyra e o Botafogo


Recorte do Jornal do Brasil mostrando Sandro Moreyra, sempre bronzeado, comemorando um dos muitos títulos do Botafogo nos anos 60, quando era praticamente insuperável no Rio e no Brasil. (Cortesia: Flamínio Lobo).

O livro "Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem" será lançado em breve.

Tem outro Garrincha no livro sobre Sandro Moreyra

"(...) Não à toa colaboravam dando uma mão de tinta nos causos envolvendo o colunista, colorindo e transformando a realidade em um mundo do faz de conta. Antonio Antenor Soares, o célebre maître Garrincha, da Churrascaria Plataforma, no Leblon, conta uma história com a cara e o jeitão de Sandro.
– Ele gostava de comer maminha fatiada. Mas, às vezes, (...)"
O célebre maître Garrincha, da Plataforma, famoso entre 11 dos 10 boêmios dos bons tempos da cobertura esportiva, me contou uma hilária do Sandro. Fui encontrar Garrincha escondido em seu bistrô num condomínio da Barra. Garrincha Garrincha: quero ver você no lançamento em agosto.


sábado, 20 de maio de 2017

Livro sobre Sandro Moreyra começa a ser divulgado nas rádios virtuais e redes sociais

O site e fanpage da "Rede Estilo de jogo de rádio", do colega Luiz Carlos de Almeida, acaba de divulgar o lançamento do livro "Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem", em data a ser divulgada brevemente.



quarta-feira, 17 de maio de 2017

Livro sobre Sandro Moreyra vem aí. E com prefácio de Carlos Eduardo Novaes



"(...) Ele cobria o Botafogo (de Gérson e Jairzinho), chegava à redação no final da tarde e logo de cara chamou minha atenção pelo bom humor, pelo bronzeado permanente e por “catar milho” na máquina de escrever com os dois dedos indicadores. A princípio (...)"


Trecho do prefácio do meu ídolo e Mestre Carlos Eduardo Novaes no livro "Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem". Vai ser publicado pela Gryphus Editora. Lançamento em breve.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Editora Gryphus, que publicou livro de Nilton Santos, vai lançar livro sobre Sandro Moreyra



Lançamento em breve. Para navegar no site da Gryphus, clique aqui.

Livro do Sandro Moreyra vem aí. Galvão Bueno contou histórias ótimas

"(...) Depois de passar três anos morando em São Paulo no início da carreira, Galvão Bueno voltou ao Rio em 1977 para fazer parte, aos 26 anos, do escrete do programa "Bola na Mesa", apresentado por Paulo Stein, com a participação de feras como João Saldanha, Luiz Lobo, Marcio Guedes, Alberto Léo, José Roberto Tedesco. Acabou convivendo com ele durante dez anos até a morte de Sandro. Fala Galvão:
– Passar dez anos com Sandro foi uma terapia intensiva pra voltar a ser carioca. Ele foi uma das pessoas mais espirituosas que conheci. Um dia ele combinou comigo, com o Luiz Lobo e com o Márcio Guedes sacanear o (...)".
Galvão Bueno também está no livro com ótimas histórias.


Livro sobre Sandro Moreyra vem aí. E tem Elza Soares

"(...) Para Elza, a presença de Sandro em sua casa e de Garrincha era sempre bem-vinda. Por dois motivos:
– Primeiro, porque o Sandro não bebia. Pelo menos na frente do Mané. Então, era bom porque o Mané, que respeitava muito o Sandro, não bebia também. Tinha aquelas coisas que eles faziam em que pareciam duas crianças. Lembro da vez em que o Sandro tocou a campainha (...)".


Quando vi aquela Diva negra de bandana alvinegra e óculos escuros caminhando lentamente em minha direção, gelei. Diante de gênios a gente trava. Há um ano eu aguardava aquele encontro. Na verdade, há mais tempo do que isso. Toda vez que falava de Sandro ela lembrava de Mané. E com que carinho! Que amor tão grande que resiste há tanto tempo distante. Distante? No final, na hora da foto, eu me ajoelhei, ela veio com aquelas duas mãozinhas de Rainha e segurou as minhas. Como uma Deusa.


sábado, 9 de julho de 2016

Sandra Chaves, jornalista: "Aprendi a escrever vendo Sandro trabalhar"

Na quarta passada estava entrevistando a jornalista Sandra Chaves, que começou a carreira vendo e admirando Sandro trabalhar no JB, quando entrou na livraria o bravo Fernando Calazans, que já deu entrevista para o livro. Falta pouco, falta pouco.

Livraria da Travessa, Botafogo, Rio, julho, 2016

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Ivone Malta, coordenadora editorial do livro de histórias de Sandro Moreyra

Quando a gente pensa que já apurou tudo sobre o Sandro e está na hora de dar um ponto final no livro, eis que aparece mais uma pessoa importante. Como não conversar com a Ivone Malta que fez a coordenação do livro do histórias dele? Me contou coisas bem bacanas. Aguardem. Falta pouco.

junho, 2016

Márcio Tavares, amigo e companheiro de Sandro em reportagens no JB, está lendo os originais do livro

O jornalista Márcio Tavares, que trabalhou com Sandro Moreyra no JB e fez diversas viagens internacionais com o companheiro, é o primeiro profissional jornalista a ler os originais do livro, em fase final de produção. Em breve a publicação do livro não dependerá apenas de mim.

junho, 2016






Pesquisa sobre Sandro Moreyra na Casa de Rui Barbosa

junho, 2016

Estive pela quarta vez, e, creio, a última, na Casa de Rui Barbosa, em Botafogo, no Rio, checando informações apuradas sobre os pais de Sandro.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Alfredo Osório, jornalista: "O Sandro entrou comigo no elevador na Copa da Alemanha e ..."

Sempre cabe mais um quando o assunto é Sandro Moreyra. Ao apagar das luzes conversei com Alfredo Osório que me contou a história do elevador e outras mais. Alfredo foi outro contato feito através do Facebook.


terça-feira, 10 de novembro de 2015

Obrigado, Sandra Moreyra


Obrigado pelas palavras que você deixou pra mim sobre o seu pai. Ele vai estar esperando você lá no Céu pra matar as saudades que você deixou aqui.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Zagallo no livro sobre Sandro


Zagallo, que também participou do livro do Jogo do Senta, deu entrevista hoje em seu apartamento no 13º andar de um prédio na Barra. Contou histórias de bastidores sobre Sandro Moreyra.

Aguardem o livro. Está sendo preparado.

Ettore no livro sobre Sandro Moreyra


Ettore Siniscalchi, dono do restaurante Ettore na Barra da Tijuca, no Rio, e filho do saudoso Emílio, dono das Cantinas Sorrento, no Leme, e Tarantella, também na Barra, locais frequentados por Sandro Moreyra, também deu entrevista pro livro. Contou histórias bem interessantes.

terça-feira, 24 de março de 2015

quinta-feira, 19 de março de 2015

sexta-feira, 13 de março de 2015

José Roberto Tedesco também é Sandro Moreyra


Acabo de receber o tão esperado depoimento do querido repórter José Roberto Tedesco pro livro sobre o Sandro Moreyra. Valeu a pena esperar. Zé vive há anos fora do Brasil e arrumou um tempo para colaborar com o livro. O que seria de mim se não fosse a força de gente como o Zé? O que ele contou? Vocês vão ler no best-seller de 2015 (ou 2016). Mas adianto que morri de rir com o que li.

quinta-feira, 12 de março de 2015

sábado, 7 de março de 2015

Dono de famoso restaurante italiano do Rio também é Sandro Moreyra

Ettore Siniscalchi, famoso dono de um dos melhores restaurantes do Rio, que leva o seu nome, também vai participar do livro "Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem".

E explico: quando estive com o genial cartunista Lan, ele me falou que frequentara com o Sandro as saudosas cantinas Sorrento, no Leme, e Tarantella, na Barra. Sou criança e não frequentei a Sorrento, mas fui fã de carteirinha da Tarantella. Lan lembrou (cacófato?) que o Emílio Siniscalchi não está mais entre nós, mas que o filho Ettore continua firme e forte à frente da também maravilhosa cantina que leva seu nome na Barra.

Estive ontem lá e, na saída, combinei com o Ettore uma entrevista. Ele ficou de ver se consegue fotos do Sandro nas cantinas. Comprei o livro do Ettore e li num pique só agora de manhã. Muito bom, muito bom, como diria Serginho Groissman. Sandro é citado.




sexta-feira, 6 de março de 2015

Carlos Alberto Torres também é Sandro Moreyra

Conforme ele combinou na tv semana passada, o bravo Capita também vai estar no livro sobre o Sandro Moreyra. 

Ricardo Rocha, PC Guimarães, Carlos Alberto Torres e Alexandre Torres
durante almoço na Barra da Tijuca

quarta-feira, 4 de março de 2015

Ex-dirigente do Botafogo no livro sobre Sandro

Meu colega professor Jorge Aurélio Domingues, ex-dirigente, benemérito e presidente do Conselho do Botafogo, também estará no livro sobre o Sandro. Me contou outras histórias inéditas de bastidores.


terça-feira, 3 de março de 2015

Capitão Carlos Alberto Torres fala do livro sobre Sandro Moreyra em programa do SporTV



O sempre gentil e educado Carlos Alberto Torres mandou recado hoje ao vivo no programa "Redação SporTV". Já há algumas semanas temos nos desencontrado por questão de compromissos, mas vale registrar o profissionalismo do Capita. Entrevista marcada.

O link do do programa no SporTV pra quem quiser ver em alta resolução. Clique AQUI.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Marcos Penido também estará no livro sobre Sandro Moreyra


Meu amigo Marcos Penido, que foi repórter do JB da época do Sandro e do Globo, e hoje é presidente da Associação dos Cronistas do Rio de Janeiro (Acerj) foi entrevistado ontem pro livro sobre o Sandro Moreyra.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Esboçando o livro sobre Sandro Moreyra em Visconde de Mauá


O Carnaval rolando no Rio, Maringá em Mauá lotada de turistas e eu no meio do mato esboçando mais um capítulo de "Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem".

Um grande desafio escrever sobre Sandro. A batalha é grande a inda falta muito para acabar.

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Escrevendo Sandro em Itamonte

Foto: M Beth Coelho

Sábado de Carnaval (14 de fevereiro de 2015). A batalha vai ser longa. Mais algumas linhas sendo escritas no alto de Itamonte, nas Minas Gerais, que eu e minha mulher amamos tanto.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Carlos Leonam no livro sobre Sandro Moreyra

E que papo de quase quatro horas com Mestre Carlos Leonam! Sobre Sandro Moreyra, sobre seu livro "Degraus de Ipanema", sobre seu novo livro que está sendo preparado. Sobre o termo "Esquerda festiva" que ele inventou...


terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Martha Helga no livro sobre Sandro Moreyra

Martha Helga, ex-mulher de Sandro Moreyra, me deu entrevista hoje pro livro sobre o Sandro. E ainda me emprestou um vasto material de pesquisa. Papo muito agradável.


sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Ari Gomes, repórter-fotográfico dos bons tempos do JB, também vai estar no livro sobre Sandro Moreyra

O repórter-fotográfico Ari Gomes, que brilhou nos bons tempos do Jornal do Brasil, foi entrevistado hoje em Petrópolis, onde mora há 10 anos, para o livro sobre o Sandro Moreyra. Dentro do envelope fotos inéditas do Sandro que vocês só vão ver no livro.



quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Livro sobre Sandro Moreyra começa a ser escrito

Aqui escrevi o Jogo do Senta, aqui começo a escrever "Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem". Mas ainda há muito a fazer. Pesquisas, entrevistas etc.


quarta-feira, 7 de janeiro de 2015